Header Ads

Epic Games não tem planos de trazer sua loja para o Linux


Não faz muito tempo que a Epic Games lançou sua própria loja de jogos digitais para oferecer não só apenas os seus títulos, mas também os de terceiros. Concorrência é bom e a gente sabe disso, especialmente agora que a Discord Store também está disponível para deixar as coisas ainda mais acirradas com a Steam. No entanto, a criadora do popular Fortnite, infelizmente, parece não ter planos para trazer a Epic Store para o Linux.

A informação veio à tona graças a uma postagem no Reddit, onde descobrimos que a Epic Games atualmente não tem planos de trazer sua loja para o sistema do pinguim. Em resposta a uma pergunta de um usuário sobre isso no Twitter, Sergey Galyonkin, a pessoa por trás do Steam Spy que agora trabalha para a Epic Games como o "diretor de estratégia de publicação" disse o seguinte: "Realmente não está no roteiro agora. Não significa que isso não mudará no futuro, mas sim que temos muitos recursos para implementar."

Curiosamente, o anúncio original da empresa mencionou que a loja estava chegando a "outras plataformas abertas" além do Windows, Mac e Android, o que presumimos que significaria o Linux. É estranho, já que não existem outras plataformas abertas com jogadores para colocar uma loja de jogos.

Além disso, o fundador da Epic Games, Tim Sweeney, deu um raio de esperança no Twitter com um "Vamos ver :D" em resposta a um usuário perguntando se as outras plataformas abertas significavam o Linux. Então, é muito estranho que o Linux ainda não esteja no roteiro, porém, isso também não é surpreendente, já que o Linux sempre teve uma prioridade baixa para a desenvolvedora.

Isso também poderia criar um problema para os jogadores Linux no futuro, uma vez que a Epic Games está trazendo jogos como exclusivos da sua loja com tempo limitado, o que significaria nenhuma possibilidade de uma versão para Linux até o fim desse período de exclusividade. Mesmo assim, os desenvolvedores desses jogos poderiam decidir permanecer definitivamente apenas na Epic Store. Lembre-se, isso já aconteceu com o game Satisfactory, da Coffee Stain Studios, que teve sua página da loja Steam removida para ser exclusivo da Epic Store.

No Reddit, Tim Sweeney também disse que "essas exclusividades não chegam às lojas de graça; elas são o resultado de uma combinação de compromissos de marketing, financiamento de desenvolvimento ou garantias de receita". Então, com isso em mente, a Epic Games está oferecendo alguns compromissos para os desenvolvedores de obter seus jogos, o que poderia influenciar alguns futuros títulos de alto perfil, longe dos gostos da Steam.

Para os jogadores Linux, ainda existe a Steam, GOG, Humble Store, itch.io e alguns outros que suportam games no sistema do pinguim. Sem falar que até o Discord confirmou que sua loja virá para o Linux. Por enquanto, a Epic Store não é um grande negócio e não tem muitos jogos (ou recursos) para os usuários, então não será um grande problema imediatamente. Será interessante ver o que a Valve planeja fazer para evitar a saída de muitos jogos da sua loja.


FONTE: GamingOnLinux
Comentários




Tecnologia do Blogger.